• abu d 1
  • abu d 2

Residência em Abu Dabhi sustentável e eficiente

Residência em Abu Dabhi sustentável e eficiente, um projeto baseado em conceitos arquitetônicos da antiguidade.

Desenvolveu-se o projeto de arquitetura sustentável de reforma da residencia do CEO do Abu Dabhi Comercial Bank. Durante do desenvolvimento do projeto comentou-se não entendermos porque os árabes estavam fazendo torres de vidro no deserto, uma vez que elas geram efeito de estufa e todos os mecanismo de ventilação dos prédios têm de ser muito mais potentes.

O CEO perguntou: que proposta de projeto arquitetônico vocês fariam então? Me traz um projeto de residencia de arquitetura que você acharia adequado para o deserto, pois teremos de construir 500 casas de alto padrão no novo bairro de Abu Dabhi.

Desenvolvemos então a partir de conceitos arquitetônicos da antiguidade, onde a arquitetura tinha de aproveitar recursos naturais, como quando não tinha ar condicionado, não havia meios mecânicos para manter o conforto dentro dos edifícios, em coerência com conceitos sustentáveis.

A decoração foi pensada de acordo com os parâmetros da população de Abu Dabhi: luxo, requinte e atenção ao detalhe.

A Fidelitas Ricciardi procura uma arquitetura sustentável e eficiente. Um design que proporcione benefícios na forma de conforto, funcionalidade, satisfação e qualidade de vida sem comprometer a infraestrutura presente e futura dos insumos, gerando o mínimo possível de impacto no meio ambiente e alcançando o máximo possível de autonomia. Um prédio ser capaz de se manter utilizando as limitações dos recursos disponíveis, economizando, conservando, reusando e reciclando quando necessário e possível.

A Fidelitas Ricciardi preocupa-se com varias questões tais como: a economia futura com o retorno do investimento obtido com o projeto diferenciado; a redução do impacto ambiental e a minimização das emissões de carbono; concretização das ideias e conceitos de economia mediante o exemplo para a sociedade do uso dos sistemas sustentáveis.